LOTE 001

LOTE POR APENAS R$ 9.750,00 - PODENDO SER PARCELADO, CONSULTE O EDITAL

As fotos são meramente ilustrativas
Aberto para Lances
MAIOR LANCE NO MOMENTO

LANCE INICIAL

R$ 19.500,00

visualizações: 142
encerra em:
00 dia(s), 00 h : 00 m : 00 s
Data do encerramento
Início do Leilão
às
LEILÃO 759-21 JT DIANÓPOLIS 28-01 14:00 e 14:30hs (ALIENA 50% 29-01 ATÉ 01-03)
LEILÃO JUDICIAL
Online & Presencial
DATA 1º LEILAO: 28/01/2021 14:00
LANCE INICIAL: R$ 19.500,00
DATA 2º LEILAO: 28/01/2021 14:30
LANCE INICIAL 2° LEILÃO: R$ 9.750,00
VALOR DE AVALIAÇÃO: R$ 19.500,00
Local do Leilão: - www.agilleiloes.com.br

Últimos Lances

Compartilhar:    
Detalhes do Lote

Comitente: JT DIANÓPOLIS - VARA ÚNICA

Cidade: Dianópolis/TO
Endereço: - Setor Santa Luzia
Matrícula: 5.715

Descrição: 01) - LOTE PARA CONSTRUÇÃO - IMÓVEL CONSTITUÍDO POR UMA ÁREA DE TERRENO URBANO, DESIGNADO COMO LOTE 08 DA QUADRA 10C, situado na Rua 11, Setor Santa Luzia, II Etapa, no Município de Dianópolis, Estado do Tocantins, com área total de 157,50 m².

Total da Avaliação R$19.500,00 (dezenove mil e quinhentos reais)

Processo: 0000105-49.2017.5.10.0851
Vara: VARA DO TRABALHO DE DIANÓPOLIS - TO
Comarca: Dianópolis/TO
Exequente: GERLAINE MALHEIRO BATISTA
Executado: LUIZ VIANA CALDEIRA DE SOUZA 82648433104
Localização do Imóvel

Endereço: - Setor Santa Luzia
Cidade: Dianópolis / TO

Observações do Lote

LOCAL DA REALIZAÇÃO DO LEILÃO: Através do site www.agilleiloes.com.br - Leiloeiro designado: MARCO ANTONIO FERREIRA DE MENEZES.

DA REMUNERAÇÃO DO LEILOEIRO: O leiloeiro receberá comissão de 5% do valor da alienação do bem, a cargo do arrematante, além do ressarcimento das despesas com a remoção, guarda e conservação dos bens, desde que documentalmente comprovadas, na forma da lei e do Provimento Geral Consolidado do TRT da 10ª Região. A remuneração do leiloeiro correrá a partir da publicação deste edital. A homologação do acordo, o deferimento do pedido de remição ou de arrematação, ficarão condicionados ao integral pagamento de todos os valores devidos ao leiloeiro, nos termos do Provimento Geral Consolidado do TRT da 10ª Região.

DO PARCELAMENTO DE BENS: Quem estiver interessado em adquirir o(s) bem(ns) em prestações poderá apresentar sua proposta diretamente ao leiloeiro, na forma e condições Previstos no artigo 895 e parágrafos do Código de Processo Civil, que a submeterá ao juízo da execução. A apresentação da proposta prevista neste artigo não suspende o leilão (§6º do artigo 895 do CPC). A proposta de pagamento do lance à vista sempre prevalecerá sobre as propostas de pagamento parcelado (§7º do artigo 895 do CPC).

DOS ÔNUS: Nos termos do art. 130, parágrafo único, do Código Tributário Nacional, art. 908, §1º do CPC, art. 1.430 CCB e artigo 78 da Consolidação dos Provimentos da Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho, o(a) arrematante receberá o bem livre de quaisquer ônus tributários, inclusive débitos de IPTU e IPVA, uma vez que se sub-rogará no preço da hasta, bem como não responderá por eventuais débitos, tais como água, luz, taxa(s) condominial(is), multas e outros, acaso existente (s), inscritos ou não na dívida pública, geradas até a data da arrematação, de forma que esses encargos não serão transferidos aos arrematantes, em razão da forma originária de aquisição da propriedade que exsurge da arrematação (artigos 1.245 do Código Civil e 167, I, item 26, da Lei 6.015/73). Também não será transferido ao arrematante eventual ônus relativo à hipoteca sobre o bem imóvel, conforme art. 1.499, VI, do Código Civil. As despesas de transferência do bem penhorado, que não se enquadrem nas previsões antecedentes, tais como custo de registro no Cartório de Registro de Imóveis, transferência junto a órgão de trânsito, entre outras, correrão por conta do arrematante.